Clube Atlético São Paulo

Desde 1888

O mais antigo Clube de São Paulo

O Clube de Charles William Miller

...que trouxe o futebol para o Brasil

Um Clube centenário, de tradições britânicas

Quem somos

O SPAC é uma associação de caráter esportivo-amador, sem qualquer finalidade econômica. Foi fundado em 1888 sob a denominação “The São Paulo Athletic Club”, com seus estatutos originais publicados no “Diário Oficial do Estado de São Paulo”, edição de 23 de março de 1906 e registrado sob o nº 178, em 7 de abril daquele ano, no Livro de Inscrição de Sociedades Civis do Registro de Imóveis da Primeira Circunscrição desta Capital.

O Clube tem sua Sede na Capital do Estado de São Paulo, na rua Visconde de Ouro Preto, 119, e filial na Av. Atlântica, 1.448.

Tem por fim promover entre seus associados jogos sempre de caráter amador, não profissional, bem como manter um centro de convivência social, dispondo para tanto de instalações e acomodações necessárias. Poderá exercer qualquer atividade que melhor permita o desenvolvimento de seus objetivos.

Como tudo começou….

(Trechos do Livro Charles William Miller 1894 * 1994, por sr. John R Mills) 

Em São Paulo, os primeiros esportistas de que se tem conhecimento foram os funcionários da São Paulo Railway, que chegando de sua nativa Inglaterra, traziam os esportes que lá praticavam, sendo naquela época o jogo de Cricket (críquete) o mais popular.
Os primeiros indícios de jogos de críquete são dos anos 70, com uniformes trazidos da Inglaterra, impecavelmente brancos, e teriam sido disputados num campo perto da “Ponte Pequena”, antes do Rio Tietê, quando os carros eram puxados por mulas e somente esses podiam transitar por lá.

Na década de 80 as atividades esportivas dos funcionários da São Paulo Railway e outros britânicos que já vinham chegando para a Companhia de Gás, Bancos, Telégrafo e outras empresas, foram transferidas para a Chácara da família Dulley. Charles Dulley, de nacionalidade americana, tinha se estabelecido na província de São Paulo, e casou-se com Ana Fox, da numerosa Família Fox. Ofereceram sua chácara no Bom Retiro para as primeiras atividades esportivas dos britânicos, assim tornando-se o berço dos esportes paulistas.

Os ingleses, ainda que em número pequeno, traziam os hábitos de sua terra. O críquete era seu passatempo preferido, seu divertimento de fim de semana.
Enquanto isso, São Paulo estava mudando. Empresas britânicas multiplicavam-se para explorar as oportunidades comerciais que São Paulo oferecia.

A primeira empresa a ter serviço regular de navios entre o Brasil e a Grã-Bretanha, em 1851, foi a Royal Mail Steam Packet Co. Ltd., que seria conhecida como a “Mala Real Inglesa”, e inúmeros navios traziam gente nova das distantes cidades de Southampton e Liverpool para aqui se estabelecerem.

O Conselho Deliberativo é um órgão formado por 30 membros eleitos em Assembleia Geral, dos quais pelo menos 20 membros deverão ser associados fundadores.

O mandato do Conselho Deliberativo é por prazo indeterminado, enquanto bem servirem ao Clube, avaliação que ficará a critério do próprio Conselho, através da maioria dos seus membros.

 

 São funções do Conselho Deliberativo:

  1. O Conselho deve eleger, dentre os seus membros, o seu Presidente, Vice-Presidente e Secretário;
  2. Devem cumprir e fazer cumprir o Estatuto do Clube;
  3. Devem deliberar sobre as propostas apresentadas pela Diretoria vigente;
  4. Devem tomar conhecimento sobre os Relatórios da Diretoria, Balanço e Contas;
  5. Devem preencher as vagas da Categoria “Associados Fundadores”;
  6. Devem fixar e rever periodicamente, quando solicitado pela Diretoria, as contribuições normais e extraordinárias que devem ser pagas pelos associados;
  7. Devem proclamar os associados Honorários;

8. Devem julgar as penas impostas pela Diretoria;
9. Autorizar a Diretoria a adquirir bens imóveis, autorizado em Assembleia Geral Extraordinária, nas condições previstas em Estatuto
10. Autorizar a Diretoria a praticar as operações financeiras que determinar, contrair empréstimos, emitir obrigações, debêntures e o que mais for de interesse do Clube;
11. Propor à Assembleia Geral Extraordinária a dissolução do Clube;
12. Punir Conselheiros que faltarem contra o Estatuto Social e Regulamento Interno do Clube;
13. Intervir na Administração do Clube e renomear outra Diretoria ou Diretores eventualmente destituídos, se necessário, por descumprimento ao Estatuto Social e Regulamento Interno do Clube;
14. Resolver sobre os casos omissos dos Estatutos.


Membros do Conselho

Alexandre Grain de Carvalho
Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Stapelfeldt
Celso José Alvarez
Cícero de Toledo Piza Filho – Presidente
Edgard Calazans de Freitas
Eduardo Pontes Bohn – Secretário
Eric Charles Nice Jr.
Ernesto Cordeiro Marujo
Fabio Conte Medugno
João Francisco Farhat Kehdi
John Thomas McDonnell
José Ailton M. do Nascimento
José Rafael Gavioli
Lucia Veiga de Barros
Peter James Nordqvist
Rafael Machado Jabor
Ricardo Boni Isique
Ricardo Zunder da Rocha
Richard Kumpis
Roberto Lojelo
Sergio Pancera
Thomas Antoine de Mol Van Otterloo
Ubirajara Ramos Sanini – Vice-Presidente
Wilson D’andarade Hoffmann

Conselheiros servindo a diretoria:

A Diretoria Executiva é o órgão executivo responsável pela administração do Clube, com mandado de 2 (dois) anos, constituída de 07 (sete) membros, tais como: Presidente, 1º Vice-Presidente, 2º Vice-Presidente, 1º Tesoureiro, Secretário, 2º Tesoureiro e Diretor de Santo Amaro. O Presidente deverá ser associado votante há mais de 08 (oito) anos, e os demais, associados votantes há mais de 05 (cinco) anos, permitida a reeleição apenas uma vez.

Dentre as competências da Diretoria Executiva estão:

  1. Cumprir e fazer cumprir fielmente o Estatuto Social, as deliberações do Conselho Deliberativo e suas próprias, bem como o Regulamento Interno;
  1. Admitir, suspender e demitir empregados;
  1. Determinar o melhor meio de receber dos associados as suas contribuições normais e extraordinárias;
  1. Elaborar e propor ao Conselho Deliberativo, o Regulamento Interno do Clube, estabelecendo as penas que julgar convenientes. Também propor ao Conselho Deliberativo as suas modificações quando entender necessário;
  2. Autorizar o pagamento das despesas extraordinárias, resolvendo todas as questões dentro dos limites e normas fixados pelo Estatutos;

6. Nomear Diretores auxiliares para as comissões que criar, e organizar os serviços internos;

7. Propor ao Conselho Deliberativo as medidas e providências que julgar conveniente ou necessárias;

8. Adquirir, por compra ou qualquer outra forma, os bens móveis necessários ao Clube, vender, ceder ou dispor de qualquer maneira, dos bens móveis pertencentes ao clube;

9. Autorizar o uso, gratuitamente ou não, das dependências do Clube, para reuniões de outras sociedades, beneficentes ou recreativas, sempre de maneira a não prejudicar os associados em suas atividades normais;

10. Praticar os atos para os quais receber autorização especial da Assembleia Geral ou do Conselho Deliberativo, nas condições que o mesmo determinar.

11. Elaborar e apresentar ao Conselho Deliberativo, na forma estabelecida neste Estatuto, orçamento anual, e sugerir valor das mensalidades a serem cobradas e respectivos reajustes, bem como o valor das Joias.


Membros da Diretoria Executiva – Biênio 2018 e 2019

 

Presidente: Ubirajara Ramos Sanini

1ª Vice-Presidente: Maria Stela Oliveira Spolzino

2° Vice-Presidente: Gustavo Jonasson de Conti Medeiros

1° Tesoureiro: Michael Juan Pryor

2° Tesoureiro: Antônio Manoel Alves de Lima

Diretor Santo Amaro: Gabriel Baines

Diretora Secretária: Ana Bárbara Costa Teixeira

2ª Diretora Secretária: Marta Sambiase

Diretor de Esportes: João Calixto

Diretor de Esportes Santo Amaro: Marcelo Fasolari

Diretor de Patrimônio: Fernando Ogando

Diretor de Planejamento: Edmundo Rondinelli Spolzino

Diretor de Alimentos e Bebidas: João Corrêa

Diretora Social: Adeni Corrêa Leite

Diretor de Comunicação: Fernando Piccinini

Diretor de Criação: Leonardo Almeida

Diretora de Relações Públicas: Annete Conradi

Diretor ACESC: Sérgio Rocha

Presidentes SPAC 1888 – 2018

1888                William Snape (Presidente Fundador)
1889/1905      W Speers
C Walker
P C P Lupton
W F Rule
1906                R Gray
1907/12          W F Rule
1913                P W Crewe
1914                C Stock
1915                W Whyte-Gailey
1916                D S Nelson
1917                 J Whyte
1918                R Latham
1919                R Williamson
1920                P W Crewe
1923                L Latham
1924/26          E A Johnston
1927                N Biddell
1928                R Williamson
1929                E Cunningham
1930                G b Hooper
1931                A E Holland
1932                E A Johnston
1933                H W Treacher
1934/35          E A Holland
1936/39          E Cunningham
1940/41          A E Holland
1942/43          H J S Boyes
1944/45          A E Holland
1946/47          A E Holland
1948                A Bennett
1949                B K E Evans
1950                B K E Evans e R H Weale
1951/52          L A Ide
1953/54          R S McNeill
1955                A Bennett
1956                C E Ferris
1957/58          R G Holland
1959                C F King
1960                R G Holland
1961/63          R H Weale
1964/65          H L Donovan
1966/69          R Taylor
1970/71          D V Hallawell
1972/74          D Wilson
1975/77          D Derian
1978/79          D Derian
1980/82          D Wilson
1983                P A Hughes e I F Pickford
1984                I F Pickford
1985/86          P J B Ford
1987/88          P J B Ford
1989/90          S V Harisson
1991/93          A D L Sladen
1993/94          P J B Ford
1995/96          T E Bradfield
1997/98          T E Bradfield
1999/00          M G E Smith
2000/01          M G E Smith e T E Bradifield
2002/03          T E Bradfield
2004/05          M J Pryor
2006/08          J R Gaviolli
2009                J R Gaviolli
2009               M J Pryor
2010               A A A F Guedes
2011/12         A A A F Guedes
2013/15         J T McDonnel
2016/17         T E Bradifield
2018               U R Sanini (atual)

Comissão Disciplinar

Você sabe o papel da Comissão de Ética e Disciplina do SPAC?

  • Os Membros da Comissão de Disciplina e Ética são convidados da Diretoria, não havendo eleições para concorrer a estes cargos.
  • A Comissão atua nas transgressões deliberadas de Normas Estatutárias ou Regulamentar, bem como desacato a qualquer membro do Conselho Deliberativo ou da Diretoria em exercício de suas funções;
  • A Comissão atua diretamente nos casos de mau comportamento nas dependências do Clube assim como no rigoroso cumprimento das disposições do Estatuto Social, Regulamento Interno e as resoluções da Diretoria a fim de estabelecer a ordem e o bom convívio entre todos;
  • Aconselha e/ou encaminha as medidas corretivas de ações praticadas por associados (as);
  • Coíbe transgressão deliberada de Norma Estatutária ou Regulamentar;Coíbe atos inadequados de ordem física ou verbal;
  • Coíbe atos de imoralidade e desrespeito nas relações entre associados (as) e/ou entre associados e colaboradores (as);
  • Coíbe desacato a qualquer membro do Conselho Deliberativo ou Diretoria Executiva em exercício de suas funções;
  • Coíbe atos de mau comportamento em nossas dependências (Sede e Santo Amaro);
  • Atua diretamente no cumprimento rigoroso do Estatuto, do Regulamento Interno e Resoluções de Diretoria, a fim de estabelecer a ordem e o bom convívio entre todos.

 

 Membros da Comissão de Disciplina e Ética 2017

 

  • Gabriel Baines
  • Gustavo Jonasson de Conti Medeiros
  • Sergio Viera de Mello Lopes

Passo a Passo para Encaminhar um Ocorrência e Tempo de Resposta 

 

Parte das atribuições dos (as) Gerentes Administrativos é atuar nas questões do dia a dia do Clube, com reporte direto para o Presidente e/ou Membros da Diretoria Executiva, apresentando projetos e planos de ação para melhorar a experiência dos usuários do Clube em todos os setores e serviços prestados.

As Gerências devem trabalhar em conjunto na busca pelo consenso, visando boas práticas de gestão para melhor servir aos associados.

Os Gerentes respondem pelas áreas de Manutenção, Financeira, Recursos Humanos, Secretaria, Atendimento ao Associado, Esporte, Cultural e Social, capacitando, avaliando, analisando, planejando, desenvolvendo, aprimorando todos os serviços disponíveis aos usuários do SPAC.

Entre as competências dos Gerentes estão:

  • Coordenar e elaborar planos de ações diversos;
  • Analisar relação custo x benefício de qualquer implementação;
  • Supervisionar as atividades dos Departamentos sob sua gestão;
  • Controlar os contratos administrativos e financeiros;
  • Reduzir custos e propor projetos para arrecadação de receitas;
  • Fiscalizar o devido cumprimento dos termos previstos em Regulamento Interno e Estatuto Social por associados (as), funcionários (as) e prestadores de serviço;
  • Responsabilizar-se e comprometer-se pelo bom ambiente de trabalho;
  • Manter-se atualizado quanto às legislações concernentes às atividades de Clubes Sócio Esportivos;
  • Proporcionar interação e envolvimento participativo nas ideias, projetos e execução dos trabalhos.

Conheça quem são os responsáveis por cada setor

Gerência Administrativa Financeira

Responsável: Paulo Escudeiro | admfinanceiro@spac.org.br

  • Departamento Financeiro;
  • Recursos Humanos;
  • Tecnologia da Informação;
  • Compras/Almoxarifado;
  • Limpeza/Portaria.

 

Gerência de Esportes 

Responsável: Ricardo Amirato | esportes@spac.org.br

  • Academia;
  • Modalidades Aquáticas;
  • Modalidades de Danças;
  • Modalidades de Lutas;
  • Modalidades de Ginásticas;
  • Escola de Esportes;
  • SPAC Kids;
  • SPAC Teens;
  • Esportes Santo Amaro.

 


O Estatuto Social e Regulamento Interno são o DNA de uma empresa e servem como diretrizes para um melhor convívio entre membros da mesma associação.

É dever de todos os associados o pleno conhecimento e total cumprimento dos termos previstos  em Regulamento e Estatuto pois isto representa o respeito de nossos usuários com os demais frequentadores, sejam eles outros associados, convidados, funcionários e prestadores de serviços.

A responsabilidade de um SPAC cada vez melhor é de todos nós!

Clique nos anexos e conheça melhor as regras que regem o Clube Atlético São Paulo.